segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Balaiada, SN


Esse é o nome da rua - Balaiada, SN - em que fica o "terreiro" conhecido como Serrinha, do mestre jongueiro Darcy. O bairro é o de Madureira, no RJ. Será mais uma coincidência? Dentre os encontros deste Balaio de resistência?

Chegaremos com nosso Balaio e nossos "números" nessa rua chamada Balaiada sem número, em breve.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

sábado, 12 de setembro de 2009



SE EU FOSSE CAPAZ...OUVIRIA O BOCEJO DO CORCEL 2...TRISTE CORCEL 2 NOSTÁLGICO...MOON PATROL ATARI...GAME TRISTE DE CRIANÇA...CARRO VAGANDO SOZINHO...FUGINDO DOS DÉBEIS ATAQUES DE ALIENÍGINAS INSANOS...SE EU FOSSE CAPAZ DE RACIOCINAR...COMO OS ANIMAIS ...EU ENTENDERIA A DOR DO CORCEL 2...COM A LATARIA AVARIADA...PELA FERRUGEM DE FÁBRICA...PELA FERRUGEM DE PRAIA...PELA FERRUGEM DO DONO...SEMPRE COM UM SUPER TANQUE VAZIO...COM SUA MECÂNICA ANTIGA E EM FREE JAZZ...SEGUE SOTURNO DISTANTE DO ARTIFÍCIO ELETRÔNICO...SEGUE COM SEU GIZ QUE SUGERE VENDA...DE UM AUTOMÓVEL QUE SE VANGLORIA DO ÚNICO DONO...SEGUE COM SEU VALOR DESNECESSÁRIO...POR RUAS ESBURACADAS DESTE BAIRRO...SELANDO SEU DESQUITE FINADO...DE UMA AMANTE CORCEL 1...QUE POR SUA VEZ...ASSUME SEU REMOTO DESEJO...DE SER UM CORCEL BICHO...E ESSE CORCEL DERRAPA CARECA...SURTA,GRITA,PEIDA E APAGA...PARA SER EMPURRADO POR ESTRANHAS MÃOS PIEDOSAS...O CORCEL, O CORCEL ,O CORCEL,O CORCEL...ENGASGA COM GASOLINA BARATA...LAMENTA NUNCA TER BEBIDO UM PORRE DE VERDADE...ELE VOA SECO E SEM PASTILHAS...RETRATANDO O DONO QUE VIVE NUMA GARAGEM SEM REBOCO...EXCETO QUANDO É REBOCADO...POR UM FUSCA EM CORDA VELHA...O MOTORISTA SOTURNO E VEXADO...CONDUZINDO IMAGINARIAMENTE UM VEÍCULO CONDUZIDO...POR TAPETE QUE NÃO É VOADOR...TAPETE INFESTADO DE RESTOS DE SALGADINHOS...CORCEL QUE ILUMINA POUCO...CORCEL QUE ILUMINA POUCO...PELA INSISTÊNCIA DE UMA BATERIA ANÊMICA...SURGE REPENTINO PELA MADRUGADA...CHEGANDO EM CASA PARA QUE LOGO SEJA COBERTO POR UMA LONA CINZENTA...COMO O INTERIOR DE UMA CASA SEM REBOCO COMO O INTERIOR DAS VIDAS SEM REBOCO...COMO O ACIDENTE DE SE VIVER SEM REBOCO...AH, E COMO VOA SECO E SEM PASTILHAS...AO PASSO QUE O CARROCEIRO...QUE ESBARRA EM SUA LATARIA...SACA UMA DE SUAS SEDUTORAS RODAS...SEGUINDOCOMO HERÓI... COM PEITO EM METAL...FRIO E SEM REBOCO...O CORCEL 2 VIRA ½...O CORCEL BANGUELO...QUE POR HORAS PENSA SER TRICICLO BANDEIRANTE VERMELHO...TONKINHA SUJA,VELOTROL OU UMA ABERRAÇÃO DO ACASO...CORCEL COM MASSA PLÁSTICA REGISTRA BATIDAS EM 88 E 89...CORCEL ENCERADO AOS SÁBADOS E DOMINGOS...MANGUEIRA ABERTA PELO CHÃO...PEDAÇOS DE ESTOPA...SANTINHOS DE IMÃ SOBRE O PAINEL...AROMA DE PEROBA...E COISAS QUE ENCANTAM ESSES DOENTES MECÂNICOS...E ELÉTRICA É O PROBLEMA DO CORCEL...QUE SEGUE CEGO PELA LUZ DE FREIO...DE TAL MANEIRA...QUE PROVOCA SUSPIROS...NAQUELES QUE TENTAM ENRABÁ-LO... VAI CORCEL...VAI...LEVA TUA TRASEIRA FODIDA...QUE CERTAMENTE O TRANSFORMARIAM EM NOVAS VERSÕES DE CORCEL...AH... CORCEL,SE TEU PILOTO FOSSE MICHELE ALBORETO... SERIA VENCEDOR...SERIA O PILOTO MAIS DIGNO DA FÓRMULA 1 ...QUE EM SUAS MÃOS SERIA FÓRMULA 2 ...O PILOTO DO ÚLTIMO LUGAR MAIS DIGNO...DE TODA MINHA INFÂNCIA...E É ISSO CORCEL...É ISSO...E O QUE ME RESTA ENTÃO?...ESSE VOLANTE EM MEU COLO...PARA QUE EU SAIA NA RUA...E PROCLAME MINHA DOR ...POR RUAS QUE NUNCA SE EMOCIONAM

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Apresentação

Yosha!
Faz tempo que to pra postar alguma coisa, e que dia melhor do que uma segunda de feriado?
A partir de hoje vou me esforçar pra manter uma rotina por aqui...
Bem vamos ao que interessa, pelo menos pra mim...

Piração,
pira agora, ora.
Se até em Pirapora
não tem hora pra pirar!
17/08/03

Tá, tá não é la grande coisa, mas achei que se encaixava.
Semana que vem eu melhoro, ou não...
Dúvidas, sugestões, críticas? COMENTE!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Improvisando...



Virada Cultural 2009
24h de Borboletas

Grupos:

doBalaio
Teatro dos Orelhas
Teatro da Chuva

quinta-feira, 23 de julho de 2009

O que acontece na nossa escuridão



Ensaio para Cortejo na Vl. Curuçá - 22 de Julho de 2009
Espaço do Balaio

Grupos
doBalaio
Arruacirco
Loucura Alternativa
Menin@s do Circo
Formação Doutores da Alegria
Cia. Realúdica
e artistas da região

sexta-feira, 17 de julho de 2009


ele voltou...o peixe mexirica porque mexerica está fora da nova regra do português...aquele da padaria da vila curuçá ...aquela da cruz quebrada ,pois se estivesse arrumada seria vila Curu.

balaiada é a fina fruta da rebeldia bruta ...

como chongas pra eles e passas pra nós

tchoin tchoin toin oin oin

eles está se transformando

elas está se transformado

nós estou trans

porque o plural não é necessário

quando se tenta o truque do singular ...

pois a coerção é o cobre da tabela periódica

que se fosse periódico ... seria hispânico

seria um jornal ...

um tal balaiar sobre a primeira rocha

que sustenta o cortejo

em homenagem a tudo que não seja vida.

Experiência Ao Piano de Casa

Gravado em mp3, é só um pedaço de algo bem maior já criado (e improvisado, como gosto). Espero o dia de usar em ação criativa.

video

Balaiada, Divino, Dança do Balaio e outras coincidências

...ou não.

A Balaiada foi um movimento de resistência que ocorreu na Província do Maranhão, por parte dos escravos, fugitivos e prisioneiros.
A Festa do Divino Espírito Santo é uma festividade cristã influenciada pelos açorianos, em contato com as culturas indigenas e africanas no Brasil colônia. Tornou-se nacional, acontecendo em vários pontos do território Brasil, porém tem fortes raízes em São Luis do Maranhão.
A Dança do Balaio é uma espécie de quadrilha muito popular no Rio Grande do Sul, tem sua origem na Ilha dos Açores, assim como a Festa do Divino Espírito Santo. Balaio é nome por causa do formato das saias rodadas que, ao girar e abaixar, tomam o formato abaloado com o ar acumulado dentro.

A Balaiada será a semana de experiências cênicas do Balaio (que ocorrerá na ultima semana de julho), dando início a um movimento de união de grupos da zona-leste de São Paulo, interessados em marcar seu território (mesmo sendo a marca uma linha de travessia permitida).
Processo Divino é o ultimo trabalho do grupo, agora em tempo e espaço de maturação. Logo sai renovado, tal como propõe as caixeiras e seus cantos entoados a renovação.
A Dança do Balaio, para nós, poderia ser o Circo do Balaio, o Teatro do Balaio, a Música do Balaio, o Traço do Balaio. Preferimos que seja A Coisa do Balaio, assim, indeterminadamente sujeito genérico e possível dentro das artes.

...ou sim.